Debatendo a Educação


Professores nota ZERO

É um absurdo a Justiça impedir a Secretaria de Educação de atribuir aula, beneficiando os eternos acomodados que não aceitam ser avaliados. Pelo princípio da isonomia, somente as notas do concurso deveriam ser consideradas para admissão dos temporários. O despreparo dos “antigos” (que nunca foram avaliados e jamais são aprovados em concursos) é a grande responsável pela deficientíssima educação recebidas por nossas crianças. Chega de desculpas, não é mesmo?



Escrito por Erivaldo Pereira de Lima às 21h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Um bom debate

Amigos, o blog da Renata Cafardo, do jornal "O Estado de S.Paulo" abriu um fórum de discussão sobre o fim da greve no magistério paulista. Um espaço tão importante como aquele, que deveria ser objeto de idéias e soluções, virou (com valorosas excessões) local de ressentimento, deboque e desejo de vingança. Isso mostra e desnuda uma situação que infelizmente dá razão às pessoas que tanto nos criticam: o professorado em sua maioria quer um jeito de proteger sua "boquinha", ao invés de atacar o que realmente nos infelicita: a má fama de incompetentes e incapazes de dar boa educação! Vamos provocar uma virada nesse sentimento! Que tal mais auto-estima? E..., como nos bons tempos de faculdade, que tal convocar nossas associações de pais para seminários em busca de uma parceria? Escrevam! Participem!

Escrito por eri1966 às 11h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




As dificuldades no uso da linguagem

O contato com as palavras nunca foi tão problemático como vêm sendo nos dias de hoje. Desde o homem primitivo, quando a linguagem não-verbal prevalecia, não observa tanta dificuldade em se fazer entender pela linguagem verbal. "É", "sei", "tá", "só" são neologismos que certamente viraram referência no linguajar das pessoas no dia de hoje. Muitas vezes o comodismo e a preguiça  em elaborar textos escritos, passaram a sercotidianas no momento se utilizar a palavra (linguagem verbal). Onde vamos parar?



Escrito por eri1966 às 18h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Quem sabe o bom uso da língua seria a solução

A linguagem oral é a forma mais eficiente de comunicação entre as pessoas. E nós observamos a dificuldade com que os jovens tem de se comunicar oralmente. "Né", "só", "é", "tá" e as gírias são mostras do que acontece com a nossa sociedade, culpa da omissão dos nossos mestres de Língua Portuguesa, que não se esmeram em fazer os alunos aplicarem a leitura em seu dia-a-dia. Os professores ao invés de queixarem-se das condições subhumanas das salas de aula, deveriam colocar em prática o mister de educar. O jovem, apesar de tudo, é um curioso e tem necessidade de descobrir os porquês! Quem sabe essa seja a fórmula mágica que os educadores precisam descobrir para ajudar a modificar essa situação de calamidade ética e social...

Escrito por eri1966 às 18h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Calamidade na educação

Muito se observa sobre a decadência ética e moral, ocasionada pelo descaso de décadas com a educação de nossos jovens. Esse blog tem por objetivo delinear, denunciar, mostrar soluções simples que possam dar vida nova à nossa educação, bem como relatar experiências interessantes que possam ser colocadas em prática em nossa sociedade. Você é convidado a entrar nesse debate!

Escrito por eri1966 às 18h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Spanish, Livros, Gastronomia
MSN -
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?